Música

Wyclef Jean: Descubra o Famoso Cantor Haitiano

Conheça a incrível história de Wyclef Jean, o famoso haitiano que conquistou o mundo com sua música e talento

Wyclef Jean, nome completo Nelust Wyclef Jean é um dos artistas mais versáteis e engajados da música mundial. Nascido em Croix-des-Bouquets, no Haiti, 17 de outubro 1969, filho de Gesner Jean, pastor nazareno. 

Wyclef mudou com sua família para Nova Jersey, nos Estados Unidos, aos nove anos de idade, fugindo da ditadura de Jean-Claude Duvalier. Lá, ele se apaixonou pelo hip hop e pela guitarra, e começou a fazer música com seus amigos Pras Michel e Lauryn Hill, formando o grupo Fugees em 1992. 

Início da Carreira – Uma Mistura do Haiti para o Mundo

O Fugees se tornou um fenômeno global com o álbum The Score, de 1996, que vendeu mais de 20 milhões de cópias e ganhou dois prêmios Grammy. O disco misturava rap, soul, reggae e influências haitianas, e trazia sucessos como “Killing Me Softly”, “Ready or Not” e “No Woman, No Cry”. Wyclef Jean, o cantor haitiano se destacava por sua habilidade de cantar em inglês, francês e crioulo haitiano, além de tocar vários instrumentos. 

Sua Carreira – Wyclef Jean rapper 

Wyclef Jean lançou seu primeiro álbum solo, The Carnival, em 1997, depois do sucesso do álbum The Score, dos Fugees, que também foi aclamado pela crítica e pelo público. 

O cantor haitiano, Wyclef, continuou a explorar diferentes gêneros musicais e a colaborar com artistas de renome, como Shakira, Santana, Mary J. Blige e Akon. Alguns de seus hits solo são “Gone Till November”, “Hips Don’t Lie”, “Sweetest Girl” e “911”. Ele também produziu músicas para outros artistas, como Whitney Houston, Destiny’s Child e Carlos Santana.

A cantora, Shakira,durante Briefing Diário para a Imprensa no Maracanã (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Principais Álbuns do cantor haitiano Wyclef Jean

1997: The Carnival 

2000: The Ecleftic: 2 Sides II a Book 

2002: Masquerade 

2003: Greatest Hits 

2003: The Preacher’s Son 

2004: Welcome to Haiti: Creole 101 

2006: Ghosts of Cité Soleil (soundtrack) 

2007: Carnival Vol. II: Memoirs of an Immigrant 

2009: From the Hut, To the Projects, To the Mansion 

2010: If I Were President: My Haitian Experience 

2017: J’ouvert 

2017: Carnival III: The Fall and Rise of a Refugee 

Músicas de Destaque do Cantor Haitiano

  • Killing Me Softly: Esta é uma versão do clássico de Roberta Flack, que os Fugees regravaram em seu segundo álbum, The Score, em 1996. A música foi um sucesso mundial e ganhou um Grammy de melhor performance de R&B por um duo ou grupo. A voz suave de Wyclef contrasta com o rap de Lauryn Hill, criando uma harmonia perfeita. 

Destaque de Clef

  • Gone Till November: Esta é uma das músicas mais conhecidas de Wyclef como artista solo. Ela faz parte do seu álbum de estreia, The Carnival, lançado em 1997. A música fala sobre a saudade de um amor que está longe, e tem um refrão pegajoso que diz “I’ll be gone till November”. A música também tem uma participação especial de Bob Dylan na gaita. 

Destaque de Wyclef

  • Hips Don’t Lie: Esta é uma das músicas mais populares de todos os tempos, que Wyclef produziu e participou junto com a cantora colombiana Shakira. Ela faz parte do álbum Oral Fixation Vol. 2, lançado em 2005. A música é uma mistura de ritmos latinos, reggaeton e hip hop, e tem uma letra sensual que celebra o poder das curvas femininas. A música foi número um em mais de 50 países e ganhou vários prêmios, incluindo um Grammy de melhor colaboração pop com vocais. 

Músicas de destaque Jean

  • Sweetest Girl (Dollar Bill): Esta é uma música que Wyclef compôs e cantou com Akon, Lil Wayne e Niia. Ela faz parte do seu álbum Carnival Vol. II: Memoirs of an Immigrant, lançado em 2007. A música é uma crítica ao sistema financeiro e à exploração das mulheres. Ela usa uma amostra da música “C.R.E.A.M.” do grupo Wu-Tang Clan, e tem um refrão que diz “Some live for the bill / Some kill for the bill / She whine for the bill / Grind for the bill / And she used to be the sweetest girl”. 

Músicas de destaque

  • Divine Sorrow: Esta é uma música que Wyclef fez em parceria com o DJ sueco Avicii. Ela faz parte do seu álbum Clefication, lançado em 2015. A música é uma homenagem às vítimas da AIDS e faz parte da campanha RED, que arrecada fundos para combater a doença. A música tem uma melodia emocionante e uma letra inspiradora que diz “I thank you for your love / This is my divine sorrow”. 

Lady Haiti, um dos sucessos do Haitiano Wyclef

“Lady Haiti” é uma música que expressa o orgulho, o amor e a esperança de Wyclef Jean pelo Haiti, um país que enfrenta muitos desafios, mas que também tem uma rica cultura e um povo forte.

Wyclef Jean na política do Haiti

Wyclef Jean também tentou se candidatar à presidência do Haiti em 2010, após o terremoto que matou mais de 200 mil pessoas e deixou milhões de desabrigados. Mas teve sua candidatura rejeitada pelo conselho eleitoral por não cumprir os requisitos legais. 

Ele disse que sua intenção era representar a voz da juventude haitiana e trazer mudanças positivas para o país. Apesar da frustração política, ele continuou sua carreira musical e lançou seu último álbum, Carnival III: The Fall and Rise of a Refugee, em 2017. 

Wyclef o Haitiano Filantrópico

Além da música, Wyclef Jean também se dedicou à causa do seu país natal, o Haiti, que enfrenta graves problemas sociais, econômicos e políticos. Ele fundou a organização Yéle Haiti em 2005, com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do país através de projetos nas áreas de educação, saúde, meio ambiente e cultura.  

Ele também foi um dos organizadores do concerto Hope for Haiti Now em 2010, que arrecadou mais de 60 milhões de dólares para as vítimas do terremoto que devastou o país.  

Influência na Música

Wyclef Jean é considerado um dos haitianos mais famosos e influentes do mundo, tendo recebido vários prêmios e honrarias por sua música e sua filantropia. Ele é um exemplo de alguém que superou as adversidades e usou seu talento e sua voz para inspirar e ajudar milhões de pessoas.

Cultura Haitiana

Wyclef Jean é um cantor haitiano que conquistou o mundo com sua música versátil, criativa e engajada. Ele é um exemplo de superação pessoal e profissional, além de um ícone da cultura haitiana.

Família 

Wyclef Jean é considerado um dos artistas mais influentes e versáteis da música contemporânea, e um dos maiores representantes da cultura haitiana no mundo. Ele disse que sua missão é “unir as pessoas através da música” e que se inspira na sua história de vida e na sua fé. Ele é casado com a estilista Marie Claudinette Jean desde 1994 e tem uma filha chamada Angelina Claudinelle Jean

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo