BrasilCulturaGeral

Pinacoteca Contemporânea de São Paulo será aberta dia 25

Investimento público é de R$ 55 milhões

A Pinacoteca Contemporânea, um novo museu que foi construído e será integrado aos outros dois edifícios já existentes da Pinacoteca de São Paulo, será inaugurada no dia do aniversário de São Paulo, em 25 de janeiro. O anúncio foi feito hoje (29) pelo governo paulista.

Com esse terceiro edifício, que se junta à Pinacoteca Luz e à Pinacoteca Estação, situadas ao lado da Sala São Paulo, a Pinacoteca se transformará em um dos maiores museus de arte da América Latina, com um total de 22 mil metros quadrados e potencial para receber um milhão de visitantes por ano.

Para marcar a abertura ao público, o museu irá promover duas exposições: uma coleção de obras do acervo da Pinacoteca vai ocupar a Grande Galeria e a artista coreana Haegue Yang, destaque do cenário internacional de arte contemporânea, estará na Galeria Praça.

Segundo o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, o investimento público na obra foi de R$ 55 milhões. “O investimento do governo de São Paulo foi de R$ 55 milhões e quero agradecer à família Gouvêa Telles que completou os recursos necessários, R$ 30 milhões, sem lei de incentivo, ou seja, do seu próprio patrimônio, para que a gente pudesse concluir esse sonho da Pina Contemporânea e entregasse uma Pinacoteca com mais condições ainda de expor o seu magnífico acervo”, disse o governador, em entrevista hoje (29).

Onde fica

O projeto da Pinacoteca Contemporânea foi pensado para ser integrado ao Parque da Luz e aos bairros do Bom Retiro e da Luz, no centro da capital paulista.

No projeto de construção do novo museu foram mantidos dois blocos de edifícios que já existiam no terreno onde ela foi instalada: um mais antigo, atribuído ao escritório de Ramos de Azevedo, remanescente da primeira escola lá construída, e outro mais moderno, da década de 1950, de autoria do arquiteto Hélio Duarte.

Agora, conectando esses dois blocos, haverá uma praça pública coberta, um pavilhão onde se localizará a Galeria Praça, dois ateliês para atividades educativas e uma loja do museu. A obra, iniciada em fevereiro de 2022, foi realizada no período de 11 meses.

No primeiro mês, a entrada para visitação das exposições na Pinacoteca Contemporânea será gratuita. Mais informações podem ser obtidas no site.

Fonte: Agência Brasil

Mostrar mais

Charles Dieu Sauveur

Graduado em Jornalismo pela Universidade Guarulhos (UNG). Amante das letras, música, cultura. Desde 2020 trabalha como Diretor, produção e gestão de conteúdo on-line.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo